Como usar o estilo Tomboy no Verão?

Olá!!!

Hoje vou escrever sobre um estilo que gosto particularmente e com o qual me tenho identificado cada vez mais, o estilo Tomboy! Hoje escrevo com um gostinho especial pois na quarta-feira uma amiga muito especial, a Elsa, disse-me que sentia falta dos meus artigos… encheu-me o coração, e por isso mesmo escolhi este tema que sei que ela também gosta!! A todos os meus leitores que são tão especiais para mim espero que gostem e espero que nos próximos tempos consiga estar estar mais presente para todos vocês…

Quanto ao estilo Tomboy, para quem não conhece é uma forma de vestir que mistura de maneira divertida mas também ecléctica o feminino e o masculino através de camisas, blazers, calças de alfaiataria entre outras peças caracteristicamente masculinas.

Não é de hoje que o ideal andrógino passa pelas semanas da moda por este mundo fora, seja nas passarelas ou por quem as assiste. Além de ser um estilo muito confortável, perfeito para as mais diversas ocasiões, confere glamour e elegância ao visual, o ideal é aprender a combinar estilos sem transformar o guarda-roupas em algo totalmente masculino. Para isso as possibilidades são imensas e podemos ainda abusar da criatividade e bom humor para combinar as peças, criando visuais fabulosos e com aquele toque moderno que vaga entre o retro e o actual.

Alguns factores influenciaram o nascimento da moda Tomboy, como a segunda guerra mundial e o aparecimento do automóvel por exigirem das mulheres da época um comportamento mais independente e prático, que as saias não conferiam. Porém foi entre 1910 e 1920 que ele definitivamente nasceu, pelas mãos de Gabrielle “Coco” Chanel, uma mulher moderna e à frente do seu tempo que por não encontrar roupas que quisesse vestir acabava por recorrer ao roupeiro do namorado. Nesta altura Coco Chanel tinha uma loja de chapéus e era imitada por muitas mulheres da região onde morava, o que ajudou a que ela começasse a produzir vestidos, criando uma das marcas mais famosas de todos os tempos, a Chanel.

Na década de 30, Marlene Dietrich também ousou, alcançando a fama ao criar looks boyish e nos anos 50 o estilo Rockbilly trouxe as calças cigarrete, mas foi nos anos 60 que surgiram os primeiros smokings femininos graças a Yves Sant Laurent e que continuam na moda até aos nossos dias.

Para quem gosta do estilo partilho algumas imagens que de certeza vos vão inspirar!!

 

Como conseguir recriar este estilo?

Para quem gostar do estilo e quiser experimentar para ver se gosta de se ver e se identifica eu sugiro uma coisa muito simples, experimentem algumas peças de roupa do vosso marido, namorado, irmão, amigo, o que tiverem =). Atrevam-se a experimentar camisas, t-shirts, casacos de malha e mesmo camisolas leves, o ideal é que sejam um pouco maior do que a vossa estatura, para criar aquele look cool e despreocupado. Eu próprio uso algumas t-shirts e camisas do Pedro, e ficam-me tão bem que fica difícil devolver, mas ele já se habituou =)… Depois basta adicionar uns ténis, sapatilhas, sapatos oxford, ou mesmo uns saltos altos se quiserem criar contraste. A essência deste estilo é continuarmos a ser femininas, apenas com detalhes do guarda-roupa masculino.

Para não caírem no erro de parecer demasiado “rapazinho” em vez de uma mala muito grande podem usar uma clutch ou uma bolsa pequena a atravessar, dêem um toquezinho de maquilhagem (sempre), o cabelo arranjado e claro, uma atitude confiante e feminina!!

 

Get the look by Bellucci:

 

With Love*

Tânia Sitoe

1º Aniversário da Steasy – Streetwear & Urban Clothing Manjuco Vie

Olá a todos!!

Foi no passado sábado dia 06 de Agosto que aconteceu a Festa do 1ª Aniversário da Steasy – Streetwear & Urban Clothing Manjuco Vie que se situa no Cacém, mesmo em frente à estação.

Já conhecendo a marca, foi um prazer participar neste evento e fazer parte da comemoração. Confesso que gosto muito da marca, e das peças que têm à venda no geral, entretanto as que despertam sempre mais a minha atenção são as peças da marca própria desenhadas pelo próprio Manjuco.

Apesar das suas criações, ele não se considera um designer, muito menos estilista, designações que considera “demasiado pesadas” para o descrever. A sua humildade como pessoa assim o “obriga”, mas na verdade, para mim Manjuco é sim um designer. Ele idealiza, desenha e faz os moldes das peças da marca Manjuco Vie, que têm um toque de surpreendente gosto e simplicidade, reflectindo perfeitamente a personalidade do seu criador. Manjuco inspira-se em outras marcas e sobretudo no que vê nas ruas, na moda de rua que tem ganho cada vez mais espaço na moda internacional.

A marca Steasy existe desde 2010, mas a loja física completou agora o seu primeiro aniversário. Pretende expandir e logo que possível abrir outra loja, mas quer fazer as coisas com calma e sobretudo manter a sustentabilidade da marca. Para este primeiro ano de abertura, de 0 a 10 avalia a performance da loja entre 6 e 7 e o objectivo é sempre subir como qualquer empreendedor, mas nesta fase considera mais importante manter o nível que tem conseguido e o que vier para a frente será o fruto desta sustentabilidade que neste momento quer preservar.

Apesar de ainda não ter um site, esse facto não impede a marca de vender para vários países, sobretudo para os PALOP, mas também para Espanha, Luxemburgo, Suíça, França etc. Não sendo uma loja online as encomendas são feitas através dos inúmeros meios de comunicação que temos actualmente disponíveis como o E-mail, Facebook e Instagram.

São várias as pessoas famosas que compram na Steasy, sobretudo artistas e desportistas, como os Força Suprema, Heldér Costa, Carlos Mané, William Carvalho ou Renato Sanches, que é uma das bandeiras da marca, e que inclusivamente esteve na loja na semana anterior.

Para quem gosta de streetwear e ainda não conhece a Steasy, como Consultora de Imagem, sugiro uma pesquisa na página do Facebook da marca, o que não dispensa uma visita à loja porque para além de serem super bem recebidos pelo Manjuco tenho a certeza que não vão conseguir sair de lá sem comprar alguma coisa.

Partilho com vocês algumas fotos da loja, das colecções e das pessoas que fizeram questão de estar presentes neste dia especial.

 

With Love*

Tânia Sitoe

 

Contactos da Loja:

steasystore@gmail.com

www.facebook.com/steasystore

219140783

Rua Elias Garcia N35, 2735-261 Agualva-Cacém
(em frente à estação CP de Agualva-Cacém)

 

Como usar um pullover de forma casual chic

Muitas vezes robustos, mais leves ou desleixados os pullovers são uma forma ideal de desconstruir uma saia ou umas calças muito formais e torná-lo mais dia-a-dia. Assim como usar diferentes camadas dão um toque chilly a qualquer coordenado.

Independentemente de teres um estilo casual ou sofisticado os pullovers podem ser muito versáteis para ti. Continua a ler as nossas dicas super simples de como os usar.

Para um look casual podes optar por uma calças de ganga, calças cargo, calças skinny ou mesmo uns calções.

Por outro lado, se quiseres mostrar sofisticação escolhe uma saia-lápis, uma saia peplum ou uma saia comprida.

Existem pullovers mais largueirões que ficam super bem com uma parte de baixo mais justa para encontrar o equilíbrio do coordenado.

Calças boyfriend resultam muito bem com pullovers, mas tem em atenção para um look mais polish dobra um pouco a bainha das calças, se adicionares um blazer ficará perfeito!

Para um twist interessante ao teu look usa os teus pullover com saias, calças e calções em pele e nos pés atreve-te a usar uns oxfords, loafers e brogues. Os clássicos pumps e ankle boots também ficam muito bem!

Para adicionar alguma cor ao teu estilo usa pullovers coloridos ou se não gostares compra numa cor simples mas depois combina com acessórios vibrantes e que se notem bem.

Entretanto se achares demasiado exuberante para ti escolhe acessórios mais discretos para manter a harmonia do coordenado, mas sem ser demasiado simples.

Usar casacos estruturados como blazers e casacos de pele são uma excelente forma de dar forma à tua silhueta.

Se pensavas que pullovers usavam-se somente num estilo desportivo estavas muito enganada, podem perfeitamente ser usados num estilo super sofisticado, só não te esqueças de optar pelos que têm um toque mais chique, mais leves ao toque e que não parecem muito volumosos.

Termina o teu outfit com uma boa mala, óculos escuros e acessórios ao teu gosto e estás pronta para sair!!

 

With Love*

Tânia Sitoe

O regresso das Mom Jeans

Olá a todas!

É tempo de abrir os armários das nossas mães e resgatar o mais largo e subido par de jeans que lá houver, a nova estação acaba de destronar as skinny jeans. Não sabemos dizer como começou a tendência ou porque se manteve viva durante tanto tempo, mas a verdade é que usamos skinnies há quase uma década de forma ininterrupta, talvez por serem um peça simples, fácil de vestir e que fica bem com quase tudo…

Entretanto, como qualquer tendência, a era das skinny jeans parece estar a chegar ao fim, dando lugar às clássicas mom jeans. Um revivalismo, é certo, mas que trás de volta algo de cool e descontraído. E assim se prova que os clássicos como as icónicas Levis 501 nunca desaparecem completamente.

Saltar das passareles para a rua foi um instantinho, e certo é que esta primavera-verão veremos muitas pelas ruas. Sendo assim porque não experimentar??

Fica o desafio!!

With Love*

Tânia Sitoe