In the Closet… Keith & God G – Um encontro do verdadeiro Rap Português

Olá a todos!

Mais uma vez trago até vocês uma entrevista In the Closet by Bellucci Image Consulting.

Desta vez, não vamos falar de moda e imagem, mas sim de alma, escrita, música e os sentimentos e mensagens que se consegue transmitir através da música. Nesse aspecto, no rap ou hip-hop, como quiserem chamar vive o dom da palavra, e daí sairam mensagens muito fortes que mudaram mentalidades.

Estilo que sendo cada vez mais comum na nossa sociedade, começou à margem desta, como algo que era para ficar confinado aos guetos. Com o passar dos anos, essa música marginalizada e para muitos, marginalizante saltou dos bairros e chegou às principais ruas da cidade, acabando por entrar nas vivendas e condomínios fechados mais ilustres de Lisboa e do Porto, e por aí fora…

Num encontro de amigos, tive a oportunidade de conversar com duas pessoas que fizeram parte do primeiros movimentos do rap em Portugal, os rappers Keith B e God G, e partilho com vocês o que foi este momento em que revivemos o que ambos passaram, lutaram e abdicaram em prol daquilo que gostam, a música.

Keith B teve o primeiro contacto com o rap nos anos 90, no ano de 1992 mais precisamente, em Angola, quando começou a ouvir Black Company com o seu eterno it Não Sabe Nadar, Gabriel o Pensador etc, mas na altura não pensava em ser rapper, até pelo contrário, quando via rappers como Yannick ou o Afroman a passar achava-os estranhos, sobretudo pela roupa de usavam… keith1

Em 1997, quando veio para Portugal começou a ouvir o Álbum Filhos da Rua dos Black Company, Boss AC entre outros, e rap começou a fazer parte da sua vida de outra forma. Na altura os jovens que gostavam de rap foram criando grupos com os seus pares, e Keith não foi excepção, criando Aliança e depois os Profetas do Destino…

Para além de intérprete Keith B escreve as próprias letras que canta, excepto uma música nova que será lançada brevemente, resultado de uma parceria com um DJ, o que para ele foi um desafio.

A mudança para Londres, e depois para Manchester, onde viveu nos últimos anos, obrigou-o a dar muitos passos atrás na sua carreira de músico, uma vez que aqui em Portugal, o seu grupo já era conhecido. Não sendo dos mais falados, já tinham a sua legião de fãs e pessoas que reconheciam e seguiam o seu trabalho sobretudo no Barreiro, onde “ditavam as regras”, como o próprio refere.

Chegando a um país diferente tudo isso mudou. Por um lado, a realidade sendo diferente obrigou-o a concentrar-se mais no trabalho, a fim de se sustentar, mas também o objectivo de continuar a estudar e licenciar-se, objectivo que cumpriu na área de Gestão de Recursos Humanos.

Apesar das dificuldades que encontrou em Inglaterra, continuou a lutar por aquilo que ama, e conseguiu lançar o álbum Number 1. Levou para Angola, onde o promoveu de forma independente, conseguindo vender mais de 2 mil cópias.

keith2

De volta a Inglaterra, pela primeira vez começou a escrever em inglês. O resultado foi a mixtape, Smooth Criminal, toda em inglês, à excepção de uma música que escreveu em português para mostrar as suas origens, e neste momento já atingiu cerca de 10 mil downloads. Reconhece que não está na boca do povo mas a “notícia” vai-se espalhando.

De volta a Portugal, sente-se mais maduro e no auge de si próprio. Não sente qualquer necessidade que lhe seja atribuído o rótulo de rapper, sente-se um músico, aberto aos vários estilos de música. Ao contrário do que acontecia quando era mais novo. Hoje, está aberto e sabe como cantar uma kizomba, ou acompanhar um fado. O rap vai estar sempre presente, mas sabe expressar-se noutras linguagens.

Pela música reconhece que já abdicou de muitas coisas na vida, como a paternidade que tem sido protelada sempre para mais tarde, os estudos, que foram sendo também adiados, e agora mais uma vez, coloca a sua carreira profissional na área de Gestão de Recursos Humanos na banca em stanby em prol da música.

 

Neste momento está completamente focado na música. Vai voltar à produção e está já a compor para o volume 2 da mixtape Smooth Criminal. Fora da esfera do rap, tem um projecto de música africana com kizombas, kuduro e trap music, que terá o título Barulho. Este trabalho terá numa vertente mais experimental, numa revelação da sua nova identidade como cidadão do mundo, que pretende transmitir o que lhe vai na alma através da música, seja ela que em estilo for…

God G tal como Keith começou a dar os primeiros passos no rap nos anos 90, mais precisamente em 1996, por intermédio de uns amigos do bairro, ainda em Angola. Começou por ouvir Gabriel o Pensador, assim como outros rappers que cantavam em português, e começou e interessar-se pelo rap de intervenção social, a vertente com a qual mais se identificou desde sempre.

god-g1

Mais tarde, veio viver para Portugal, para a zona de Odivelas, onde os novos amigos o introduziram no meio dos artistas de hip-hop português tais como Lancelot, Fundação, etc, decorria o ano de 1998.

Na altura dividia a sua vida entre a música, os estudos e o futebol, onde chegou a ser uma grande promessa, que não pode prosseguir devido às várias burocracias legais que surgiram.

Lançou a mixtape Construção Maciça que ultrapassou o normal alcance de uma mixtape e foi recebido como um álbum, muita gente ouviu e aplaudiu o seu trabalho. Foi fazendo várias participações em álbuns  de outros artistas como Lancelot, por exemplo, o que lhe deu muita visibilidade.

Com um estilo muito próprio faz questão de escrever as músicas que interpreta, ainda que também escreva  letras para outros artistas.

Confessa que já gastou muito dinheiro com o rap e que a falta apoios é uma grande limitação para os artistas portugueses. Neste momento, dedica-se ao trabalho, mas sabe que o rap nunca será uma porta fechada, como o próprio diz, “depende dos convites que eventualmente surjam”.

keithbgodg1

Não querendo ser repetitivo, sente que já passou uma parte da sua mensagem, mas que muitas outras ainda estão por partilhar… Entretanto, não sente a necessidade de lançar álbuns constantemente, prefere esperar que algo relevante aconteça na sua vida ou no mundo e que o inspire a escrever novamente.

Poucos dias antes desta entrevista, God G tinha perdido um familiar próximo, uma pessoa importante na sua vida, e isso levou-o a começar a escrever o tema Cansado, “cansado de perder pessoas, cansado de perguntar por alguém e saber que está preso, cansado de muita coisa…” desabafa. Essa particularidade de escrever com o coração, ao contrário de muitos rappers que escrevem para fazer dinheiro, God G acredita que nunca ficará rico com a música, mas no fundo sabe que, nunca desistirá dela… e continuará a escrever “com a caneta ligada ao coração”…

Da minha parte resta-me agradecer este momento de partilha, que me fez reviver os meus anos de adolescência, que foram também bastante ligados ao hip-hop. Por outro lado, saber que ainda há quem lute para continuar a passar mensagens através da sua música deixa-me feliz, e faz-me acreditar que quando queremos, conseguimos o impossível…

godgtaniasitoekeithb1

 

Agradecimentos:

Keith B

http://www.facebook.com/KEITHBTRG?fref=ts

Instagram: keithbtrg

 

God G

http://www.facebook.com/godg2675/?fref=ts

Instagram: godg_official

 

Oh! Brigadeiro – Oficina do Doce LX Factory pela cedência do espaço

http://www.facebook.com/oficinaohbrigadeiro/?fref=ts

Instagram: oh.brigadeiro

Os Homens Mais Bem Vestidos da Semana

Olá pessoal!!!

Hoje é sexta-feira, sendo assim nada melhor que fazer a retrospectiva dos homens mais bem vestidos de Hollywood esta semana que podem servir de inspiração para o teu fim-de-semana e mesmo para a tua próxima semana de trabalho!! Fica atento…

 

1 Jack HustonJack Huston

É impossível errar com um clássico, e o actor Jack HUston provou precisamente isso quando usou um fato justo preto e uma gravata em castanho escuro na premiere do filme “Ben-Hur” da Paramount Pictures.

 

2 Chris Pine & Simon PeggChris Pine & Simon Pegg

Que par!!! Chris Pine e Simon Pegg foram assistir ao filme Star Trek Beyond na Korea do Sul com um conjunto pastel sem dúvida marcante. Chris apresentou-se com um clássico blazer de botão duplo, enquanto Simon estava de azul com detalhes em roxo e rosa.

De certeza que algumas pessoas gostarão destes look e outras acharão demasiado exuberantes…mas a verdade é que ambos estão a usar os panetones da estação=)

 

3 Orlando BloomOrlando Bloom

No lançamento do novo avião 787-9 da British Airways para Narita, Tokyo, Bloom manteve-se simples e cool num fato azul marinho profundo, completando o look com umas sapatilhas castanhas.

 

4 Edgar RamirezEdgar Ramirez

Na exibição especial de “Hand os Stone” Ramirez estava com uma look muito fashion e super tendência com um casaco de pele simples, t-shirt cinzenta e calças skinny pelo tornozelo.

 

5 Max GreenfieldMax Greenfield

Preppy e Casual, Max Greendfield da série New Girl emparelhou um pólo preto de botão subido com umas calças chino e uns ténis básicos no evento MPTF NextGen.

 

Espero que tenham gostado!!

 

With Love*

Tânia Sitoe

10 esfoliantes naturais para fazer em casa

Olá a todas!!

O bom da esfoliação é podemos fazê-la rapidamente, sem grandes custos e apenas uma a duas vezes por semana consoante o nosso tipo de pele. Devemos ter em atenção o ph da nossa e ver qual a reacção da mesma. É fundamental que a façamos com a devida regularidade para eliminar as células mortas afim de estimular a renovação natural da pele! Só assim ela ficará mais limpa, macia e hidratada!

Regras básicas a seguir: lava o teu rosto com o teu produto de eleição, faz sempre movimentos circulares quando aplicares o esfoliante (evitando os olhos), retira o mesmo com um pano e água morna e finaliza com água fria para fechar os poros.

Deixo-te aqui uma lista de 10 esfoliantes que podes perfeitamente fazer em casa para limpares a tua pele sempre que precisares:

1 – Creme de limpeza com açúcar
Coloca na palma da mão um pouco de creme de limpeza (tem de ser cremoso e basta uma colher de chá) e 2 colheres de chá de açúcar refinada. De seguida, mistura até criar uma pasta homogénea e granulada e aplica;

2 – Óleo de coco, açúcar e limão
Numa tigela coloca cerca de ½ copo de óleo de coco, azeite ou óleo de amêndoas e duas colheres de sopa de açúcar refinado. Mistura até ficar uma pasta homogénea e possível de ser aplicada no rosto. Adiciona uma colher de sumo de limão e volta a envolver. Está pronto a usar!
Como possivelmente irá sobrar, coloca num frasco com tampa e guarda num local fresco;

3 – Borra de café
Mistura bem uma colher de borra de café com uma de água. E está pronto a aplicar!;

índice4 – Iogurte natural
Neste caso específico, será para aplicar durante 15mn como se fosse uma máscara. O iogurte natural tem na sua composição a B6 que ajuda a estimular o fluxo sanguíneo;

5 – Mel e açúcar
Envolve levemente uma colher de açúcar refinado e uma de mel;

6 – Banana e açúcar mascavado
Junta três bananas e uma chávena de café de açúcar mascavado numa tigela e mistura com uma espátula. O que sobrar guarda num frasco e em local seco e fresco;

7 – Abóbora e bicarbonato de sódio
Utiliza o conteúdo de uma lata de abóbora, junta uma chávena de café de bicarbonato e ¼ de chávena de café de mel. Mistura numa tigela, apliqua e guarda o restante!;

8 – Pasta de dentes e sal
A medida é a de uma colher de sopa de pasta de dentes (não utilizes as de gel) e uma colher de chá de sal de cozinha. Faz a mistura uniforme, aplica em movimentos circulares e deixe actuar por 10mn;

9 – Mel e canela
Junta num recipiente uma colher de sopa de mel e uma e ¼ de canela e mistura tudo até formar uma pasta grossa. Aplica fazendo movimentos circulares e deixe actuar na pele durante 30mn;

10 – Papaia e açúcar
Esmaga meia papaia com uma colher de açúcar até criar uma pasta e podes aplicar!

 

Agora não tens desculpas para não cuidares bem da tua pele!!

 

With Love*

Tânia Sitoe

Malas no Masculino

Olá a todos!

É cada vez mais comum vermos um homem a usar uma mala no quotidiano. E esta parece ser uma tendência que veio para ficar, e ainda bem. Assim, finalmente deixamos de ver os bolsos das calças cheios de tudo e mais alguma coisa desde a carteira, às chaves de casa e do carro, o telefone etc…quando não iam parar à mala da namorada!!

Posso dizer que acho que fica super sexy um homem usar uma mala para além da comum mala do computador. Para além de ser útil e prática uma mala pode ser um verdadeiro statement do estilo de um homem.

Opções há várias desde pastas, às malas de mensageiro ou de viagem, passando pelas mochilas ou mesmo clutches. Todos estes modelos estão super na moda e ficam bem com os mais variados estilos, desde o clássico, ao casual e desportivo!!

Não há desculpas rapazes!! É só escolher!

Para quem quiser conhecer melhor cada modelo e até quem sabe comprar uma mala nova sugiro o site roztayger.com.

 

With Love*

Tânia Sitoe

 


 

Hi everyone!!

Nowadays it´s pretty common to see a man carrying a bag on the daily basis. And it seems that this is a trend already. Finally we stop seeing men carring everthing inside their pockets such as the wallet, home and car keys, cellphone and so on…or on their girlfriend´s bag.

I can say that I think that is super sexy a man carrying a bag beyond the common laptop bag. It’s so useful and pratical and at the same time it can be a real style statement.

There are a lot of options, from brif, to messenger and weekender bag, to backpack or even clutches.

All of  this models are super hot now and they can be mixed in different styles from classical to casual or sport.

There are no excuses boys!! Just pick one up!

If you want to know more or even purchase one check on this site roztayger.com.

 

With Love*

Tânia Sitoe

Lumbersexual – O Novo Homem!

Desde há uns meses para cá temos visto em revistas, blogues, e até nas ruas, um “novo” estilo masculino.

Como na nossa sociedade temos de dar um nome a tudo, a este Novo Homem chamou-se Lumbersexual. Para algumas pessoas à primeira vista este termo pode não dizer muito, mas basta desconstruirmos a palavra para a enterdermos.

Termo de origem inglesa formado pela junção de lumberjack “lenhador” em português, e sexual, cujo significado se refere a um estilo de moda masculino que se caracteriza pela aparência e o comportamento rústico. Se quisermos traduzir de forma literal poderemos chamá-lo de Lenhador Sexy.

A imagem do homem lumbersexual é o oposto do metrossexual – homem urbano que tem grande preocupação com a sua aparência física, de barba sempre feita, o cabelo bem cortado, faz a depilação e usa cremes, todos os que achar necessários.

O lumbersexual tem uma imagem despreocupada, e de certa forma rude. Prefirindo ter um aspecto mais natural, não é adepto de cremes e loções de corpo, espuma de barbear ou condicionadores.

O lumbersexual é apontado como tendo um forte apelo sexual, fazendo lembrar o típico lenhador norte-americano com calças de ganga grossas, camisa xadrez, camisolas de lã, botas de trabalho, mochilas, barba por fazer ou mesmo longa, e cabelo despenteado.

Ao contrário do que aparenta, este homem é actual e a par das novas tecnologias. E é muito comum que tenham tatuagens, bastantes.

Ryan Gosling e Jake Gyllenhaal foram as primeiras personalidades a surgir com este estilo.

Em termos de lojas, a Carhartt é uma boa opção para que quiser comprar algumas peças dentro deste estilo. Entretanto, com preços mais acessíveis a Pull and Bear também pode ser considerada.

Como em tudo gosto são gostos, e há quem não goste, eu, pessoalmente gosto muito!!

Deixo-vos alguns exemplos de como “usar” este estilo.

With Love*

Tânia Sitoe