A Bellucci na 1ª Edição da Paratissima Lisboa

A Paratisima Lisboa foi um evento que teve lugar em Lisboa, mais precisamente na Freguesia de Santa Maria Maior, que inclui os bairros de Alfama, Castelo e Mouraria, foram 2,5km de exposições artísticas gratuitas.

Pela primeira vez em Portugal, este evento começou em Turim, Itália, em 2004 onde já vai na sua 12ª edição, estando também presente em Escópia, Macedónia onde já conta 3 edições. Chiara Pussetti, antropóloga e fundadora do EBANOCollective que vive em Portugal há 16 anos foi a responsável em fazer chegar até nós este projecto artístico tão inclusivo e inovador.

A Paratissima pretende ser uma forma de divulgação e promoção da arte contemporânea no geral, estando aberto a criadores profissionais e a novos criadores, às ideias emergentes que ainda não conseguiram encontrar o seu espaço no mundo artístico, tantas vezes difícil de entrar para quem dá os primeiros passos. Esta exposição colectiva destina-se à apresentação de artistas, criativos, ilustradores, fotógrafos, designers e estilistas.

A ideia foi estabelecer um dialogo entre os artistas, as comunidades e os territórios expositivos da Freguesia de Santa Maria Maior. A missão de integrar a arte contemporânea e o espaço urbano é assumida pelo EBANOCollective, responsável pela organização desta edição do Paratissima. Para os moradores destes três bairros o que se pretende é que ao abrir a porta de casa e ao encontrar uma instalação artística se sinta co-autor da mesma.

A democratização da arte vem de trazer a arte para as ruas, fora dos museus, para que esta esteja ao alcance de todos. Por outro lado, pede-se ao artistas mais do que criar uma peça, uma instalação ou uma pintura, pede-se que trabalhem com a identidade, a história e o contexto sociocultural de cada bairro, criando desta forma obras inspiradas nessas etnografias.

“O projeto é uma oportunidade para os artistas já consagrados saírem dos espaços convencionais de exposição e também para dar visibilidade aos artistas emergentes”, lembra a organizadora. Foram recebidas candidaturas maioritariamente de artistas portugueses, cerca de 80%, mas também de estrangeiros destacando-se brasileiros e italianos, e também da Finlândia por exemplo.

Relativamente aos desfiles de moda, que tiveram particular interesse para mim como blogger da Bellucci e consultora de imagem, a PARAFASHION teve lugar no Largo de São Miguel nos dias 22 e 23 de Julho e aí participaram com as suas criações os seguintes designers:

Graça Paquete, Nonesiste Nonesiste Hugo Courinha, Ana de Sá Fashion Designer, Antónia Selina, Felipe Ferreira, Carla Matos, Kim Dara, Monika Molnar, Nídia Maria Cunha Mendes, Rogério Emanuel Silva Duque, Romana Alexandra De Almeida Gonçalves, Mom’s Designer, Kristine, Ana Sabino, Teresa Samissone, assim como alunos da Lisbon School of Design e da Escola de Moda de Lisboa.

Na Parafashion a vencedora da 1ª Edição foi Kristine (Ana Cristina da Costa) com a COLECÇÃO UTOPIA.

Kristine“Alegoria à libertação do corpo e da mente feminina simbolizada pelas borboletas Utopia, que escapam da estética gaiola onde nos encontramos aprisionadas pela sociedade.”

 

A BELLUCCI E A BANTUMEN NA PARATISSIMA LISBOA

Paratissima Lisboa – Parafashion

Ultimate Responsive Image Slider Plugin Powered By Weblizar

 

 

As fotografias e o vídeo do desfile foram gentilmente cedidos pela Bantumen, meus amigos e parceiros, a quem agradeço desde já a cedência dos ficheiros multimédia.

 

With Love*

Tânia Sitoe

Guardar

Guardar

Guardar

Guardar

Guardar

Guardar

Guardar